Sensi Seed Research
Vote now

Sementes Afghani #1 Feminizada

  • Variedade Feminizada
  • Indica
  • Período de floração curto
  • Crescimento médio
  • Forte Rendimento
  • Solarengo/Mediterrânico
€25.49638741560022152
Em stock
Embalagem Discreta
Entrega Rápida
Qualidade Superior
Assegurado por McAfee

Descrição

A escolha predilecta dos amantes da índica que valorizam plantas robustas, floração rápida e vigorosa e botões enormes e densos! A variedade clássica Afghani #1 foi feminizada para facilitar ainda mais a vida a principiantes e cultivadores de canábis medicinal de interior com espaço limitado. A Afghani #1 Feminizada é um caminho simples para o sucesso.

Ler mais
Embalagem Discreta
Entrega Rápida
Qualidade Superior
Assegurado por McAfee

Descrição

A escolha predilecta dos amantes da índica que valorizam plantas robustas, floração rápida e vigorosa e botões enormes e densos! A variedade clássica Afghani #1 foi feminizada para facilitar ainda mais a vida a principiantes e cultivadores de canábis medicinal de interior com espaço limitado. A Afghani #1 Feminizada é um caminho simples para o sucesso.

As sementes de canábis Afghani #1 Feminizada são criadas a partir das melhores índicas na nossa colecção de cultivos afegãos especiais. Esta variedade feminizada de interior, que tem na sua génese as melhores plantas de haxixe da Sensi Seeds, dá aos cultivadores exemplos perfeitos do genótipo "afegânica", sem falhar.

Conte com plantas robustas de altura média, ramos laterais espessos e folhagem verde escura. Para uma altura e rendimento optimizado, o período vegetativo da Afghani #1 Feminizada, antes da floração, não deve ser inferior a 8/10 semanas. Com um período de crescimento mais curto, as plantas atingem uma altura final inferior a 100 cm. O crescimento em altura no período de floração é o normal para uma índica, com as plantas a duplicarem a altura nesta fase.

Em apenas 7 a 9 semanas após o início da floração, esta variedade já tem botões maduros. As plantas cultivadas a partir de sementes Afghani #1 Feminizada normalmente dão melhores colheitas se tiverem um único caule principal e se os ramos não forem podados. As plantas que são podadas para aumentar as ramificações e o número de zonas com botões requerem várias semanas adicionais durante o período vegetativo.

Embora a Cannabis indica vá buscar o nome à Índia, os exemplos mais perfeitos da poderosa família índica são dados pelas sementes do Afeganistão. O vasto subcontinente indiano é a origem de todos os tipos de canábis, incluindo as índicas, que se encontram sobretudo no norte montanhoso do país. O padrão de crescimento rápido deste genótipo resulta da adaptação da canábis às condições variadas e extremas de um ambiente a grande altitude.

Condições semelhantes podem ser encontradas nas montanhas do Hindu Kush, que cobrem grande parte do Afeganistão e que também têm uma antiga tradição do cultivo de canábis e haxixe. Durante inúmeras gerações, as variedades índicas afegãs foram cruzadas selectivamente pela sua potência, peso e produção de resina. O resultado foi um património genético rico com uma aparência geral distinta e dezenas de variações locais. Dois cultivos índica de vales adjacentes podem partilhar o mesmo aroma e ter estruturas de botões completamente diferentes. Duas variedades mais afastadas podem parecer idênticas e ter efeitos muito diferentes.

Os botões da Afghani #1 Feminizada são pesados, têm imenso sabor e um efeito índica relaxante e altamente potente. No início da floração, os cálices ovais começam a aglomerar-se em todos os nós, preenchendo o topo das hastes e dos ramos com longos pistilos brancos. Os cálices multiplicam-se e aumentam em tamanho, mantendo-se densos à medida que se transformam em botões sólidos. Estes botões formam aglomerados de flores maiores e, quando 60% a 75% dos pistilos já passou de branco a laranja, a secção superior do caule ter-se-á tornado uma cola única repleta de resina.

Graças à densidade e peso desta variedade, até mesmo o aglomerado de flores mais pequeno e separado nas secções inferiores de cada planta contribui para uma agradável colheita. Pelo mesmo motivo, os botões da Afghani #1 Feminizada continuam pesados mesmo após a colheita, mantendo uma boa proporção do peso depois de secos. As grandes colas encolhem muito pouco durante o processo de secagem e cura.

Ao examinar os botões secos da Afghani #1 Feminizada, torna-se óbvio por que razão os antepassados afegãos desta variedade são conhecidos como plantas de haxixe! Uma espessa camada de glândulas de resina, de onde vem o haxixe, cobre por completo os aglomerados de flores maduras, bem como as folhas em forma de "lança" que crescem a partir deles.

Durante a poda, a tesoura e os dedos ficam frequentemente peganhentos com resíduos escuros de tricomas pegajosos, fazendo lembrar a forma como o haxixe indiano fresco "charas" é colhido. Quando secado e curado devidamente, basta tocar ao de leve num botão da Afghani #1 Feminizada para libertar uma pequena chuva de pó amarelo acastanhado. Estas são as glândulas de resina na sua forma seca, que são colhidas para o haxixe peneirado do Afeganistão e de Marrocos.

O sabor rico da resina pura é um elemento forte no aroma da Afghani #1 Feminizada, juntamente com os sabores adocicados, térreos e a incenso condimentado, que são característicos das índicas afegãs.

Naturalmente, os botões produzidos pela Afghani #1 Feminizada têm um efeito índica extremamente potente, corporal, sensual e duradouro. Esta variedade é um óptimo estimulante para o apetite e pode ser uma grande ajuda para relaxar e dormir. Embora os fumadores inexperientes possam considerar o poder índico da Afghani #1 Feminizada como sendo soporífero em grandes doses, os conhecedores da índica vão apreciar a viagem do início ao fim.

Experimente uma índica afegã original e compreenda a importância deste genótipo para a canábis moderna. A maioria das melhores variedades híbridas de interior herda o crescimento compacto, a formação densa de flores e a excepcional produção de resina das ancestrais plantas de haxixe afegãs. Independentemente da experiência, se procura uma índica de interior escura, aromática, com uma floração rápida e uma colheita forte e potente, encomende a Afghani #1 Feminizada!

  • Variedade Feminizada

    Afghani #1 Feminizada é uma variedade feminizada que produz apenas plantas de canábis fêmea.

  • Indica

    A variedade Afghani #1 Feminizada tem uma grande proporção de genes de Indica na sua composição.

  • Período de floração curto

    A Afghani #1 Feminizada terá um tempo de floração comparativamente mais curto.

  • Crescimento médio

    O crescimento da Afghani #1 Feminizada durante a fase de floração é médio.

  • Forte Rendimento

    A Afghani #1 Feminizada tem um forte rendimento, mas note que esta requer um cuidado extra para atingir todo o seu potencial.

  • Solarengo/Mediterrânico

    A Afghani #1 Feminizada pode ser cultivada no exterior num clima quente e solarengo com um Verão longo.

Opiniões

Powered by
Também pode ler as opiniões noutro idioma.: